A curiosa origem das palavras e expressões utilizadas no nosso dia a dia.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Ortopedia

.









A ortopedia é uma especialidade médica que trata do sistema locomotor e da coluna vertebral compreendendo todos os ossos, articulações, ligamentos músculos e tendões.


A palavra só aparece pela primeira vez em 1741, num livro de Nicolas Andry de Boisregard, já com 81 anos de idade, professor de medicina em Lyon (França): "Orthopaedia: or the Art of Correcting and Preventing Deformities in Children".


A palavra é composta por duas palavras gregas "orthos" (recto, direito) e "paideia" (criança) dado que inicialmente destinava-se à prevenção e correcção das deformidades do corpo das crianças.


No seu livro, relata meios simples que podem ser postos em prática pelos próprios pais para prevenir e corrigir deformidades nas crianças. Ele estava interessado nas deformidades do esqueleto das crianças, que acreditava serem devidas à falta de postura e encurtamento muscular.


O homem prehistórico já aplicava nas fracturas de um membro repouso e mobilização precoce, mais tarde terá utilizado uma tala para estabilizar a fractura.


No Egipto além das talas de bambu, cana ou ou madeira, também já se utilizavam muletas.


Na Grécia antiga, Hipócrates descrevia nos seus livros, "Corpus Hippocraticum", as articulações e até as reduções das luxações do ombro, joelho ou cotovelo. Já tinha uma compreensão completa das fracturas e utilizava os princípios de tracção e contracção, tendo desenvolvido talas especiais para fracturas da tíbia semelhantes às actuais fixações exteriores.


Durante o período romano foram desenvolvidas próteses artificiais: pernas, mãos e pés de madeira e ferro.


Os árabes desenvolveram no século X o uso do chamado gesso-de-Paris, produzido com pó de sulfato de cálcio desidratado e adição de água para produzir um material cristalino duro. As fracturas era assim imobilizadas e cobertas de gesso até consolidação.


Após um período de obscurantismo durante a Idade Média, no século XII foi retomada a dissecação humana e os textos gregos começaram a ser traduzidos do árabe para o latim, até que no século XVI se iniciou uma nova era da medicina com Ambroise Paré, considerado o pai da cirurgia.








.


 


1 comentário:

  1. Um outro termo médico de que me lembrei, por ter eu ido ontem buscar um familiar ao hospital - e que penso que foi recentemente incorporado na língua portuguesa, vindo do inglês...

    O termo "paciente".

    (Tem alguma coisa a ver com paciência?)

    ResponderEliminar